Fratura Nasal

O nariz é o órgão mais atingido nos traumas da face.
Ele é composto por uma estrutura rígida, que suporta a pele, vasos sanguíneos, nervos e músculos.
As principais causas das fraturas nasais são os acidentes automobilísticos e esportivos, quedas ou agressões físicas.
O sintoma mais comum é a dor local e sangramento pelo nariz com a presença de desvio ou afundamento nasal. Também há inchaço próximo à região dos olhos.
Quando o trauma provoca a exposição dos ossos nasais verifica-se a presença de ferimentos sobre a pele nasal.
Dependendo da gravidade, o paciente pode apresentar dificuldade na respiração nasal devido à obstrução da narina.
Normalmente, uma fratura nasal simples não exige cuidados imediatos, uma vez que o sangramento é de pequena quantidade e cessa em alguns minutos.
Mesmo assim, o paciente deve ser encaminhado a um hospital ou a um otorrinonaringologista que, por meio de exame físico e tomografia de face, poderá avaliar a dimensão da fratura e indicar o tratamento adequado.
O tratamento das fraturas nasais é cirúrgico, de reposicionamento dos ossos do nariz.