Cirurgia de Amígdalas e Adenóide

As amígdalas são duas estruturas, de fácil visualização, que ficam no fundo da boca (uma de cada lado). São compostas de tecido linfóide, também responsável pela produção anticorpos e células de defesa
Elas têm maior importância até a adolescência, quando estamos entrando em contato com novos germes. Por isso costumam até aumentar de tamanho até os 5 ou 6 anos de vida, para depois regredir.
Em algumas pessoas, as amígdalas permanecem grandes, causando ocasionais inflamações; em outras, se tornam fontes de infecção. As amigdalites estão entre as causas mais comuns da dor de garganta.

A cirurgia é indicada quando elas dificultam a respiração e passagem do ar, ocasionando apneia do sono ou quando as amígdalas são muito grandes que até dificultam a deglutição do alimento (geralmente em crianças, que não conseguem comer alimentos mais duros como carnes).
As amigdalites podem causar mau hálito (hálitos), mesmo com a higiene oral, devido ao acumulo de restos alimentares.
A chamada “amigdalite caseosa” (que produz o caseum) só se resolve com a cirurgia das amígdalas ou cauterização a lazer. No entanto, amígdalas saudáveis fnão devem ser removidas
A cirurgia de amígdalas pode causar um pouco de dor no pós-operatório.
Importante: a cirurgia só pode ser indicada por um otorrinolaringologista.