Videoendoscopia Nasal

E por fibra óptica nada mais é do que uma endoscopia nasal realizada com um aparelho de fibra óptica flexível acoplado a uma micro-câmera. Inicia-se o exame introduzindo a fibra óptica que se parece com uma sonda bem fina, 3 a 4mm de espessura. É então visualizado o interior da cavidade nasal (nasoscopia), a faringe (faringoscopia) e a região da laringe (Laringoscopia). Geralmente as imagens são projetadas com efeito amplificador em um monitor de vídeo.
Os telescópios rígidos também podem ser utilizados, proporcionam uma imagem de melhor qualidade.
Este exame está indicado quando há necessidade de uma visão bem detalhada da região nasal e sua relação com os seios da face, tubas auditivas, parede posterior do palato, parede faríngea, base da língua, laringe e pregas vocais e porção inicial do esôfago.
O fato de ser um exame dinâmico com o examinado geralmente acordado , possibilita uma análise dos movimentos das estruturas citadas, movimentos vocais p.ex., dando ao médico uma informação mais precisa.